Configurando um autochanger virtual com múltiplos discos

Atualizado: 25/10/2016

Uma das dificuldades encontradas na implantação do Bacula quando se utiliza múltiplos discos, é o fato de ser necessário criar Pools específicas para cada disco e fazer um balanceamento manual dos Jobs de Backup para essas Pools. Isso é um trabalho meio cansativo e muitas vezes os discos são mal utilizados.

Apesar do Bacula suportar nativamente a configuração de autochangers virtuais, existe uma limitação, pois o ele requer a configuração de um único “Media Type” na configuração do Storage e que o “Archive Device” esteja configurado no mesmo diretório.

Buscando uma solução para este problema, encontrei o “vchanger“, que pode ser considerado um emulador de fitas (“tape library“) baseado em discos para utilizar com o Bacula. A última versão do vchanger é a 1.0.1 e pode ser encontrada em:
https://sourceforge.net/projects/vchanger/ ou então em
https://github.com/wanderleihuttel/vchanger. (A versão do git possui uma alteração no vchanger onde ele altera o arquivo que cria os volumes, podendo utilizar o próprio vchanger para a criação de volumes mais “amigáveis”, ou ordenados corretamente no bconsole).

Continue lendo

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinFacebooktwittergoogle_pluslinkedinby feather